Pra colocar no repeat – Sia Furler

sia-furler-KAPAK

Acredito que a maioria das pessoas que estão lendo sabem quem ela é. Mesmo que você não saiba, com certeza já ouviu alguma das suas músicas. Já viciei em Chandelier e ouvi 10 vezes seguidas, vendo todos os clipes e apresentações únicas que estao no YouTube, já cantei Tittanium na balada mesmo sem saber que eram dela. Já ouviram “Diamonds”, da Rihanna? Pois bem, foi ela quem compôs. “Perfume”, da Britney Spears também, assim como Wild Ones e tantos outros hits que a gente ouve na voz de artistas pop e nem sabe quem está por trás. E além de compositora, a moça é uma cantora espetacular.

Ela é única e muito criativa e existem aqueles que critiquem a sua atitude em não querer mostrar o rosto sempre. Eu já achei esquisito e, depois de saber mais sobre ela, acho muito legal. Você nunca sabe o que vem por aí quando se trata da Sia…mas uma coisa é certa: ela surpreende. Ela sempre aparece com algo novo e adoro ver a originalidade dela. Aliás, ela é uma ótima inspiracao para fantasias…hehehe, na proxima festa vou comprar uma peruca loira com certeza. Vejam um pouco do que ela já aprontou por aí:

sia3

skynews.img.1200.745

Saturday Night Live - Season 40

Um dia ela explicou, em uma entrevista, porque muitas vezes cobre o rosto e evita se expor tanto. Disse que gosta de cantar e compor, mas não quer arcar com os “contras” da super exposição, como o assédio e a falta de privacidade. Lógico que muitos artistas não gostam desse tipo de invasão, mas ela contou que um dia decidiu inovar em uma apresentação e os produtores aceitaram, então ela decidiu continuar cantando sem aparecer tanto assim e faz isso até hoje. Uma cena marcante enquanto famosa, contou ela em outra entrevista, foi quando um amigo contava para ela que sofria de um câncer e a conversa foi interrompida por um fã pedindo autógrafo. Complicado, né? Enfim, a questão é que ela é ótima e tem muita coisa boa que ela já lançou nesses quase 20 anos de carreira (sim, tudo isso!).

Nas últimas semanas, viciei nas faixas do disco “Some people have real problems” – lançado em 2008 – e estou naquela fase de querer descobrir, entender e saber mais das obras dela. Adorei a entrevista dela no Howard Stern, muito transparente e emocionante. Gracas ao meu namorado, viciadísimo em podcasts, estou adorando as indicações que ele me dá. Muito bacana entrar nesse universo bem diferente dos podcasts, mais interessante que muitos programas de TV.  Logo vou pedir um post pra ele dos melhores podcasts que ele tem ouvido, acho que vai ser legal.

Deixo as minhas faixas preferidas e um link amigo de alguns shows dela…

{Chandelier no Saturday Night Live}

{Little black sandals}

{Lentil}

{Soon we’ll be found}

Fotos e videos: Justbestcovers.com, daily telegraph, getty images e youtube

E aí, voces já conheciam a Sia? Gostam dela? O que voces curtem ouvir de diferente?

Beijos, Naiá

Advertisements

Look de brechó – Mais trench coat e saia favorita

Atualmente, tenho tentado brincar mais com o meu guarda-roupa sem comprar muito. Usar mais a criatividade, olhar mais para aquelas peças esquecidas no armário e colocá-las para uso. Não é tarefa fácil, mas o exercício é muito positivo. De acordo com uma teoria que ouvi por aí, se você não usou a roupa em um ano, tempo no qual passaram todas as estações do ano e você teve diversas ocasiões para usar, então doe! Doe sempre algo que você não usa e assim você abre espaço para novos artigos – ou nem tão novos assim.

IMG_0083

IMG_0086

IMG_0131

IMG_0133

Créditos do look: Saia Brechó Av Mascote (Sao Paulo) R$4,00; Blusa Zara do Brechó Fara (Londres) £3; Trench coat GAP £39, Bolsa Brechó Emmaus, Londres £4,50, Sapatilha Zara Brasil R$29,00.\

Lembram dessa saia aqui? Ela já apareceu no Moda Possível várias vezes. Logo vou fazer uma compilação de looks legais pra variar as combinações e usar com mais inteligência as peças-chave que temos no armário.

IMG_0102

IMG_0129

E umas fotinhos da nossa noite lá no Madison (Endereco: 1 New Change, St Paul’s, London, EC4M 9AF, Telefone: +44 20 3693 5160), um restaurante e bar muito bacana em um terraço bem pertinho da St. Paul’s, que é maravilhosa. Dá pra ver nas fotos, né? Amei o lugar mas me disseram que para jantar ali é um pouco caro. Eu indicaria começar a noite por lá, tomar uns drinks e depois ir para outro lugar mais barato jantar, hehehe.

E aí, gostaram?

Beijos, Naiá

Ps: Sei que as fotos estão péssimas mas prometo que estou trabalhando nisso =)

Crônica de sexta – Quero ser sua menina

Me deixa ser sua menina? Eu sei, já descobri que posso ser tudo aquilo que você sempre quis. Sei o que falar pra te alegrar o dia. Te fazer dormir no meu colo até você querer ir pro seu lado da cama. Pegar no seu rosto e beijar sua boca como se fosse a primeira vez. Eu sei que eu posso.

desenho

Posso pegar sua cintura e não querer largar mais. Ficar um tempão quieta…numa espécie de oração, só agradecendo aos céus por ter você aqui. Querer guardar cada pequeno momento para sempre. Me diz, como faz para registrar a felicidade e fazer com que ela dure? Porque as vezes dá a impressão de que tudo não passa de um sonho, embora eu esteja bem acordada. Tantas vezes eu vi meus olhos inundarem por me dar conta que estou onde sempre quis. E pensar, menino, o quanto eu espero que você também se sinta como eu me sinto. O quanto eu espero que eu seja aquela que vai te acompanhar, qualquer que seja a estrada. Posso te fazer sentir amado, menino. Como você nunca foi. Dormir pouco mas querer acordar cedo só porque senti falta do seu corpo no meu. Dos seus olhos que parecem saber de tudo que se passa aqui dentro. Dos mesmos olhos que acalmam qualquer que seja a minha tempestade. Do seu abraço que me salva dessa loucura que é viver. Mas se você deixar, eu posso fazer você gargalhar até perder o ar numa tarde cinza. Também fazer você chorar numa madrugada quente. Posso arrancar suspiros desacreditados. Inventar surpresas, morrer de amor. Sorrir também. É, sorrir de uma maneira tão boa que parece mentira. E vamos questionar como pode isso acontecer, duas almas se encontrarem assim. No meio de uma Londres fria. E todos os nossos momentos juntos vão parecer cenas daquele filme, aquele mesmo que de realidade não parecia ter nada. A gente pode até brigar, menino. E vai ser tudo porque eu gosto de você de uma maneira tão simples e, ao mesmo tempo, tão difícil de explicar. É, se você me deixar triste vai doer, mas nem por isso vou deixar de te amar o quanto eu te amo. De ver em você tudo aquilo que me encanta. De amar cada pedaço do seu corpo, cada pequeno milímetro de felicidade que vem contigo. Vai ser impossível esquecer. Ou não lembrar do monte de razões que eu tenho pra estar aqui. Eu até faço promessas que nem sei cumprir. Sabe, eu vou te proteger de tudo que você tem medo, por mais que não adiante nada. Por mais que meu abraço só sirva de aconchego. E ajude a esquecer de tudo pelo menos por um instante. Vou gostar de você mesmo quando tudo estiver desmoronando. Mesmo quando eu desejar te odiar. Quando parecer errado.
É, menino. Esse meu coração meio bobo vai querer você por inteiro. Vai querer que você more lá dentro pra sempre. Que nosso amor se torne daqueles que pouco se vê por aí. É só você querer. Deixar meu amor transbordar por entre nossos poros. Deixar que tudo seja preenchido pelo que a gente sente um pelo outro. É só você deixar…

Ps.: Esse texto é de uns dois anos atrás. E nosso amor transbordou. Ele me deixou ser a menina dele…

Ps2: O desenho foi feito por um amigo, muitos anos atrás, pra um outro texto meu. Valeu Bumer!

E aí, voces gostam desse tipo de post? Querem ler um pouco mais ou preferem que o foco seja em moda? Me digam! Beijos

Naia

Look do sabado – jogo no estádio do Wembley

O look de hoje foi usado no sábado para assistir ao jogo do Arsenal e Reading lá no estádio do Wembley. O dia estava lindo, ensolarado e só quem mora aqui sabe como faz diferença um dia de sol em meio aos nove meses de frio. Estava até um super sol bem nos nossos lugares dentro do estádio no primeiro tempo e o jogo foi ótimo (o Arsenal, time que o André torce, ganhou na prorrogação).

IMG_0341

Prometi contar como foi a saga para achar o Trench Coat perfeito. Haviam algumas exigências: queria um que tivesse um corte bacana, feito de um tecido que não amassasse tanto e queria que ele não fosse muito comprido. Resultado? Demorei meses para achar. Até que achei o quase-perfeito na GAP: até o valor era ótimo, £39 libras. Mas…era comprido. Decidi comprar e arrisquei levando em uma costureira que não conhecia. E adorei! Ficou ótimo, paguei £10 para cortar e ficou exatamente como eu queria.

IMG_0339

IMG_0340

IMG_0343

Créditos do look: Calça H&M (na promo! £5), blusa Bershka (£19), scarf Primark (£4), trench coat GAP (£39) e bota H&M (também na promo, £20).

Sigam no instagram: @naiaaiello.

E aí, vocês também gostam de trench coat? Curtiram o look?

Naia

O (re)começo

Os ciclos que se iniciam e se despedem. As novas chances, os novos ares, as novas oportunidades, nessa vida tão cheia de planos e novas apostas. Uma coisa que sempre fez tanto sentido não deixa de habitar nossas ideias…é isso que o blog sempre foi para mim.

IMG_6559 1

Foi da imensa saudade do blog Moda Possível – um projeto que durou dois anos e me trouxe tantas coisas boas – que enxerguei muito além da moda. Tudo isso vindo de uma consumista nata, mas sem din din no bolso. Foi de uma “louca vontade de comprar versus uma modestíssima conta no banco” que surgiu a ideia de investir mais nos brechós como escape. Assim, comprando uma roupa de segunda mão, teria uma coisa “nova” (pelo menos no meu armário, que é onde importa) pagando preços que não chegavam a 10% de uma peça nova. Era, ao mesmo tempo, tão obvio e tão revelador. Como muitas pessoas, havia dado pouca importância aos brechós e me via mudando de opinião de maneira imensamente rápida e disposta a nunca mais subestimar o que não conhecia.

Virou uma paixão: o prazer de comprar coisas super baratas virou um desejo, uma conquista. Saber que o artigo “inútil” do outro é o meu super-útil me fascinou. Saber procurar, treinar o olhar e saber que não é impossível (nem difícil é) investir nas coisas de segunda-mão é algo que sempre quis dividir. Sem pretensões, tentando angariar dicas e o que mais de positivo que pudermos dividir com mais gente para que existam cada vez mais e mais pessoas que doam e compram em brechós. Que sabem o quanto é importante o ciclo e que utilizam para vários segmentos da vida. E mesmo que o blog tenha acabado há 2 anos, gosto cada vez mais de brechós e comprar pechinchas por ai, seja pela internet ou garimpando em lojas físicas.

Aqui, a gente quer viver uma vida possível. Uma rotina em fase de experimentação: querendo que nossos sonhos caibam num orçamento e querendo viver fora da paranóia de economizar cada centavo. A ideia aqui é viver. Feel infinite. Carpe diem. Sem contar as moedinhas mas com desejo de estar cada vez mais perto do equilíbrio. Num mundo que quase nao dá para fugir das compras, mas que podemos, sim, faze-las com muito mais discernimento

Uma rotina, aliás, em constante mudança, tentando estar em equilíbrio com o mundo, com as nossas necessidades e, principalmente, com a natureza. Tentando pensar mais no quanto nossa vida tem um impacto direto com o mundo por aí e, constantemente, tentando se adaptar a uma rotina mais simples e mais saudável.

O Vida Possivel vai, modestamente, tentar documentar e dividir uma experiência de vida. Uma plataforma pra compartilhar e tentar trazer pro nosso cotidiano estratégias possíveis e fáceis pra viver melhor, tudo isso na esperança de economizar uma grana aqui e ali e ainda colocar outros sonhos e outros planos na jogada. Vamos falar de moda acessível, brechós, itens de segunda mão, receitas, dicas de viagens, como tirar vantagens de promoções e, claro, vários outros temas que surgirão pelo caminho.

Sempre buscando alternativas, dicas, truquezinhos e até umas gambiarras boas pra, nessa jornada, tentar salvar um dinheiro pra fazer todas as outras coisas da nossa lista. Afinal, ninguém quer ter que escolher um item só da nossa wish list pra realizar. Queremos tudo – e ainda sobrar dinheiro pro nosso desejo de uma viagem pro Hawaii. E um gadget ultra moderno que saiu…E ah, to precisando de um jeans novo. De uma blusa verde que combine com a saia azul. E etc, etc, etc, num looping que pode e deve ter suas dimensões definidas, tentando realizar tudo que desejamos de forma moderada e saudável.

Espero contar com vocês  ao longo da caminhada e tentar abrir a cabeça para o novo! Mudar, transformar e adaptar a nossa vida pra melhor. Sempre.

Sejam bem-vindos!

Naiá